Revisão de One Piece Parte Um #01/02

0
34
Revisão de One Piece Parte Um #01/02


Planeta Comics publica um spin-off de One Piece. Descubra a história não contada de Firefist Ace!

Portgas D. Ace, irmão do personagem principal de One Piece, Luffy, é um personagem muito popular entre os fãs do trabalho de Eiichira Oda. No jogo, aprendemos um pouco sobre Fire Fist Ace quando criança, mas ainda há algumas coisas que não sabemos sobre ele. Como Ace encontrou Akuma no Mi? Quem eram os membros dos Piratas Spade?

Vendo que as pessoas querem saber tudo isso, Oda resolveu criar uma espécie de twist onde possamos descobrir tudo sobre o irmão do Rei dos Piratas, Parte A. Parte desta aventura, roteirizada por Ryo Ishima e ilustrada pelo artista Boichi.

Aventura ardente

Nesta obra vemos o início de Portgas D. Ace após Luffy deixar Villa Fusha há dois anos. Assim como aconteceu com seu irmão, sua primeira incursão no mundo da pirataria não vai bem e ele fica preso em uma ilha estranha e sem nome. É assim que a peça começa e vemos a origem do poder de fogo de Ace, a formação do time e como seu nome surge para despertar o interesse de pessoas poderosas. A história é contada pelo colega Deuce, que anota tudo em um caderno.

O roteiro de Ryo Ishiyama nos permite conhecer mais sobre Ace durante sua jornada na Grande Linha, conhecer a fundo seu personagem, bem como seus ferimentos e determinação, por algum motivo, em passar a lenda. Gold Roger, o único homem a completar a Grand Line e se tornar o Rei dos Piratas.

A obsessão do personagem principal é tão grande que ele não quer perder tempo e se virar, ele quer seguir alguém que atingiu o mesmo nível de Roger, o Barba Branca, o pirata mais poderoso de todos. Embora o mundo de One Piece pareça grande, Ace e sua equipe conhecerão outros personagens famosos, o que deixará os fãs felizes.

Ishiyama baseou o roteiro em eventos narrados por Oda no mangá. Muitos detalhes não são fornecidos no trabalho original e são usados ​​aqui para preencher lacunas. Vemos como é a aparência de Ace durante a aventura, bem como seu relacionamento com Nakamas. Mesmo assim, a história salta um pouco no tempo e não ficamos muito tempo em nenhuma época. Os diferentes saltos se devem ao fato de os momentos que se conhecem da obra principal estarem interligados. Estes momentos são bem conhecidos e não dão muito mais detalhes, mas os desconhecidos permitem-nos conhecer melhor a personagem principal. Este não é o melhor roteiro do mundo, mas tem qualidade suficiente para prender o leitor.

Parte A de uma peça

Uma imagem digna do Rei dos Piratas

Uma parte de uma peça que precisa ser destacada é uma obra de arte separada do que é mostrado na peça. O desenho de Boichi é incrível (preste atenção no layout das páginas, desde repensar os desenhos dos personagens, o que torna muitos deles mais impressionantes, bem como nas cenas de ação onde muita raiva é transmitida. Vale ressaltar os desenhos O personagem principal mostra seu incrível poder de fogo, mas nem tudo é ação, também há comédia e isso é mostrado na parte visual, que lembra um pouco o mangá original.

O artista faz um ótimo trabalho ao reimaginar o capítulo 51 do mangá original, onde enfrentamos o maior espadachim de Roronoa Zoro, Drácula Mihawk. O design do personagem é mais parecido com a obra original, mas os casos dados como Ace na foto são muito impressionantes. Não vale a pena mencionar o roteiro desta edição especial, pois é exatamente o mesmo do mangá One Piece.

Planeta Comic One Piece Parte A Edição 01/02.

A Planeta traz-nos esta obra no habitual formato tankobon, sobrecapa tamanho country de 11,1 x 17,7 cm com aba. Embora o layout e tudo sejam muito bons, às vezes o volume parece um pouco pequeno. Parece que a editora queria que o volume fosse semelhante à obra original, mas nunca foi desconfortável de ler. O melhor detalhe é que o som vem acompanhado de um pôster com uma imagem incrível de cada lado. Com um total de 184 páginas, o volume é vendido a 8,50€.

One Piece Parte A nº 01 é um volume de grande interesse para qualquer fã da obra de Eiichiro Oda, mas pode ser do interesse de outros fãs de mangá também. Embora os saltos no tempo pareçam impedir que Ace se desenvolva bem, recebemos informações suficientes para compreender suas motivações e desejos. A imagem é sem dúvida o melhor dessa HQ, é um universo criado por Oda que combina maravilhosamente com ele e tem vinhetas incríveis.

Um episódio episódio A nº 01/02

Boichi, Eichora Oda, One Piece, Ryo Ishiyama

Autor: Eiichiro Oda Boichi

Editora: Planeta Comic

Formato: Brochura com sobrecapa e aba

Dimensões: 11,1 x 17,7 cm

Páginas: 184 páginas em preto e branco

ISBN: 978-84-1140-464-8

Preço: 8,50€

Resumo: Esta é a verdadeira história de um homem que viveu pelo poder do fogo! Luffy, que pertence aos Piratas do Chapéu de Palha, tem um irmão: Ace Fire Fist. Qual é a história desconhecida do pirata que transformou seu nome em lenda? Desde as vésperas da fundação do extraordinário grupo pirata mestre Boichi, Spade, as aventuras de Ace são desenhadas com emoções ardentes. Inclui uma recriação do primeiro Roronoa Zoro Falling into the Sea Capítulo 51!