Doctor Who: uma análise de todas as Tardis que apareceram na série

0
20
El Maestro y su TARDIS, TARDIS en Doctor Who, TARDISes alternativas, Time Lords y TARDIS


Explore as várias TARDISes do Doutor, do Monge ao Mestre

Iniciamos nossa jornada no cosmos da série “Doctor Who” que atravessou o tempo e o espaço desde seu início em 1963. Mas você sabia que a TARDIS do Doutor não é a única neste vasto universo de ficção científica?

O Mestre e sua TARDIS, a TARDIS em Doctor Who, a TARDIS alternativa, os Time Lords e a TARDIS

O Encontro com o Monge (1965)

Em “Time meddler”, a TARDIS do monge, o futuro Time Lord, maravilha-se com seu design superior. O interior é semelhante ao do Doctor, mas com o console em uma plataforma elevada, revelando que a TARDIS do Monk é uma maravilha tecnológica, embora eventualmente desativada pelo Doctor.

O Mestre e sua variável TARDIS

O Mestre, um Time Lord renegado e profeta do Doutor, apareceu pela primeira vez em “Terror of the Autons” (1971). Sua TARDIS apresentava um interior semelhante ao do Doctor, que podia alternar entre um relógio de pêndulo e uma coluna de mármore, mas com um rotor cromado. Em “Colony in Space” apareceu um interior cheio de gadgets e arquivos.

Estátua da TARDIS (1981)

Em “Guardiões do Traken” temos Melkur, a TARDIS avançada do mestre, como uma estátua. Capaz de caminhar e ouvir a voz do Mestre, esta TARDIS possuía uma sala de controle sem console central, operada por um painel na parede.

Futura TARDIS

A Rani, outra Time Lord rebelde, apresentou sua TARDIS em “The Mark of the Rani” (1985). Com seu design elegante e controles holográficos, sua TARDIS claramente se distingue da do Doctor como um avanço tecnológico.

Um momento de silêncio

Na 5ª temporada da série renovada, “The Lodger” (2010) apresenta um viajante do tempo abandonado, descrito pelo Doutor como uma “tentativa de construir uma TARDIS”. Este navio compartilha semelhanças com a TARDIS, incluindo um rotor de tempo de cristal em seu console central.

O Mestre e sua TARDIS, a TARDIS em Doctor Who, a TARDIS alternativa, os Time Lords e a TARDISO Mestre e sua TARDIS, a TARDIS em Doctor Who, a TARDIS alternativa, os Time Lords e a TARDIS

O Décimo Primeiro Doutor: A TARDIS (2011)

Em “The Doctor’s Wife”, o Doutor confronta House, que come TARDISes. O Doutor constrói uma TARDIS improvisada usando peças de outras TARDIS usadas por House. Feita no universo de bolso, esta criação única mostra a engenhosidade e a perseverança do Doutor.

Jantar TARDIS de Clara (2015)

O final da 9ª temporada, “Hell Bent”, revela que o Doutor rouba outra TARDIS de Gallifrey. Isso termina com Clara e Ashildar pilotando o que parece ser uma lanchonete americana, um paralelo interessante com a TARDIS do Doutor.

Polícia TARDIS

Em “Judon Fugitive” (2020) conhecemos a Doutora fugitiva e sua TARDIS, também disfarçada de guarita policial. Este mistério ainda não resolvido adiciona uma camada intrigante à lenda da TARDIS.

O Décimo Terceiro Doutor e mais duas TARDIS

Em “Timeless Children” (2020), a Doutora usa mais duas TARDISes, uma como casa e outra como árvore, para resgatar seus companheiros. Essas TARDISes compartilharam um design de interiores com o Doutor fugitivo.

Mestre Espião simula TARDIS

Por fim, em “Spyfall” (2020), o Mestre retorna com uma nova TARDIS, Type 75. O exterior parece o do médico, com uma placa zombando da clássica guarita policial na porta.

O Mestre e sua TARDIS, a TARDIS em Doctor Who, a TARDIS alternativa, os Time Lords e a TARDISO Mestre e sua TARDIS, a TARDIS em Doctor Who, a TARDIS alternativa, os Time Lords e a TARDIS

Tardis, acima do navio

A TARDIS, o ícone de “Doctor Who”, é mais que uma nave espacial; É um símbolo de aventura e descoberta. O exterior de uma cabine policial britânica esconde um interior vasto e altamente secreto. Esta nave permite ao Doutor viajar no tempo e no espaço. A mudança no interior de cada médico reflete a personalidade e o tempo do proprietário. A TARDIS, caracteristicamente “vworp vworp”, não é apenas um veículo, mas uma personagem central da série, cheia de surpresas e mistérios ainda por revelar.

Em cada um desses exemplos, “Doctor Who” além de expandir o universo nos lembra que, embora a TARDIS do médico seja única, ela não está sozinha no cosmos. Estas outras TARDIS acrescentam riqueza à mitologia da série, refletindo a diversidade e complexidade dos Time Lords e suas visões de criação.